Cadeiras e sua evolução: O início.

Atualizado: Mar 3

A evidências que a cadeira foi inventada no Egito Antigo, cerca de 2800 anos a.C. No começo vieram os bancos e só mais tarde apareceram as cadeiras no formato mais clássico que conhecemos, com encosto que dão suporte à coluna.

No surgimento e uma boa parte da trajetória de vida da cadeira como ela é (banco + encosto) estão intimamente associados a uma ideia de status e poder.



Na Idade Média, as cadeiras passaram a ser artigos de luxo da nobreza, com construções e armações diversas.

A palavra cadeira vem do Grego catedral (local de assento) e do Latim cathedra (cadeira de braços), um assento especial que se designava as autoridades e mais tarde, às figuras mais altas das ordens eclesiásticas

No Brasil as cadeiras só chegaram no século XVI, junto com os portugueses. Até então, nas moradias indígenas, o mobiliário indispensável era formado por redes e esteiras.


Demorou bastante tempo para que a cadeira ganhasse popularidade. Por muito tempo, seu uso esteve restrito a igrejas, palácios de governo e outros lugares elegantes. Só o século XIX viu os primeiros assentos ganharem lugar nas casas brasileiras, ainda assim com design sem identidade, cópias do mobiliário europeu, e apenas em famílias com mais patrimônio.

Apenas na revolução industrial que a cadeira se tornou barata o bastante para que todos pudessem ter acesso. Atualmente, as cadeiras unem o conforto e o luxo do antigo Egito junto com a praticidade e preço da era industrial.



Gostaram de saber mais sobre a historia das cadeiras?

Continuem nos acompanhando, para conhecer os modelos de cadeiras que mudaram o mundo.




Visite nosso site e veja os modelos atuais.








25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo